#FuturoMotociclismoBR: Conheça as pilotas de off-road Belinha e Sophia

Por Bruna Dias

Quem aí tem arrepios só de pensar em colocar a moto na terra? Essas meninas destemidas, corajosas e guerreiras, Belinha Garcia, de 8 anos, e Sophia Suri Lopes Volponi, de 9 anos, mostram garra e amor ao conduzir suas motocicletas, principalmente quando o assunto é OFF ROAD!


Sim! Essas duas são pilotas de motocross e arrasam nos campeonatos, representando com muito orgulho a figura da mulher neste ambiente, antigamente predominantemente masculino.


Eu tive a oportunidade de entrevistar essas queridas, junto aos seus respectivos responsáveis e, é claro, me encantei com tamanha responsabilidade e paixão, afinal, estamos falando de uma séria brincadeira de criança!


Confira o resultado de nossa conversa abaixo.


da esquerda para direita: Sophia Suri, de Cotia, SP;

e Belinha Garcia, de Apucarana, PR



Belinha: Desde a barriga da mãe


A paixão de Belinha pelas motos começou ainda na barriga da mãe, Simone Garcia, que já pilotou também nas pistas de motocross. O pai, Tiago Garcia, também é piloto e “paifessor”, como relataram na entrevista, brincando com o fato de ele ser o grande professor de Belinha.



“Nós tínhamos a oficina de motos e, cada vez que ligávamos uma moto ela mexia na minha barriga”, lembra Simone.

Com 11 meses, a pequena ganhou sua primeira minimoto, é claro, com rodinhas. Com 4 anos e meio começou, de fato, pilotar sozinha, sempre com auxílio, suporte e orientação dos pais. “Aos 5 anos ela já começou a competir no Paranaense, em Jacarezinho”, complementa a mãe. Hoje, a Belinha é piloto Protork e coleciona muitos pódios conquistados.


Belinha e o pai, Tiago Garcia



“Já tive medo, mas bem no comecinho”, relatou Belinha, ainda tímida com a entrevista. “Quando vou competir fico emocionada e dou umas aceleradinhas. Um dos momentos mais especiais foi quando eu aprendi a saltar”, disse aos risos.



Belinha (foto) segue sendo incentivada pelos pais e agora já tem mais um novo companheiro de pistas, o irmão mais novo Enzo.






Sophia: Motociclismo vem de família


Também vem do amor de família a relação de Sophia Suri, com as motocicletas. Ela iniciou seus treinos em uma bike BMX, em 2018. Chegou a fazer algumas aulas, e cerca de 8 meses depois subiu na moto. A pequena segue a influência e o apoio total do pai e dos tios (irmãos de sua mãe, Bruna), que sempre fizeram trilhas e correm na Copa São Paulo Enduro Fim.

"Conforme levavam ela nos treinos perceberam que ela realmente gostava e então decidimos inscrever ela no campeonato”, completou Bruna.

#startthemyoung


A minipilota começou se destacando logo em sua primeira competição, em Ipeúna, no Interior de São Paulo, conquistando o 7º lugar. "Mas com uma felicidade de quem havia ficado em 1º! Está super animada e retornou deste evento dizendo que ganharia os próximos!”, contou a mãe, durante a entrevista.


Ao perguntar à Sophia sobre sua relação com o motociclismo, ela responde:

“Me sinto muito feliz e um pouco nervosa, ao mesmo tempo. Mas todas as pessoas aprendem caindo, então não precisa ter medo! É normal”, destaca a pequena.

E para vocês conhecerem um pouco dessas duas pilotas incríveis, deixo os perfis do Instagram: @belinhagarciamx321 e @nomundodesophia.

Posts recentes

Ver tudo