top of page

Escreva para o #ElasPilotam: guia para o Diário

Por Editorial #ElasPilotam


Você está afim de nos mandar sua história, mas não sabe nem por onde começar? Aqui vai um empurrãozinho.


Resolvemos montar um “guia”, uma espécie de manual, pra te ajudar colocar essa história no papel, e enviar pra gente aqui na redação do #ElasPilotam. Veja as regras abaixo e mãos a obra.

Quem pode enviar textos para o Portal ElasPilotam?

Qualquer pessoa que se identifique mulher, que pilote sua própria vida, seja apaixonada por duas rodas - seja piloto ou garupa, independente do tamanho da moto -, por esse lifestyle ou simplesmente apaixonada pela vida, e o mais importante: tenha uma história pra compartilhar.


Os textos podem ser enviados no corpo do "insira sua história aqui" ou em arquivo de word (docx.), receberemos tudo por e-mail, e recomendamos que sejam anexadas fotos para ilustração da história. Os textos enviados serão publicados no Diário e são de inteira responsabilidade de suas autoras.

Qual o critério para publicação no Portal?

Relatos e temas são livres para submissão, porém, devem passar por análise do time editorial e não serão tolerados quaisquer discursos de cunho violento e segregatório. Todos os textos recebidos passam por uma revisão de conteúdo e, quando necessário, são editados.

Qual a periodicidade das publicações no Diário?

Uma vez por semana, mas pode haver uma variação conforme o número de textos que recebemos e seguirá um critério de ordem segundo a data de envio do original. .

Eu quero compartilhar uma história, mas não acho que posso escrevê-la. Como faço?

Mande um e-mail pra gente no contato@elaspilotam.com , com seu nome, uma prévia da história, e um contato de WhatsApp. Daí entraremos em contato, para marcar um bate papo via vídeo. Assim você conta sua história, e alguém da nossa equipe editorial escreve.


Qual a diferença entre uma colaboração para o Diário e os textos do Time Editorial?

Os textos elaborados pelas colaboradoras do Time Editorial passam por todo um processo de discussão de pauta e análise do tema, pra que se enquadrem à proposta do plano de conteúdo elaborado para o #ElasPilotam.


Isso acontece pra que possamos levar as nossas leitoras e seguidoras um conteúdo apurado, linkado a realidade em que vivemos, e que esteja em sintonia com as diferentes realidades das mulheres motociclistas, mulheres empreendedoras, mulheres ativistas, mulheres artistas, mulheres do lar, mulheres de todo o Brasil.


Além disso, embora colaboradoras e voluntárias, as mulheres que fazem parte do Time Editorial assumiram um compromisso com o Portal, compromisso esse que requer horas de dedicação mensal. Esse compromisso é importante para que possamos manter a qualidade e a idoneidade do material que publicamos.

Por fim, o #ElasPilotam veio para:


Incentivar a participação feminina no universo duas rodas e fora dele, promovendo a conexão entre mulheres que pilotam suas próprias vidas, são apaixonadas por esse estilo de vida e seguem juntas. Para empoderar via informação e educação.

Estamos trilhando um caminho que ainda nos parece novo, mas os primeiros passos foram dados. Também encontramos apoio e incentivo.

O #ElasPilotam veio pra escrever um novo capítulo no Motociclismo Feminino brasileiro, somando ao que já existe e valoriza as mulheres, e derrubando muros previamente erguidos que nos impede de sermos quem nós, mulheres, somos. O #ElasPilotam é um veículo, um movimento, é o motociclismo como meio para impulsionar mulheres a pilotarem suas vidas.



Para ajudar: aqui vão algumas regrinhas do nosso editorial para se lembrar.


  • Apenas conteúdo autoral. Cópias, plágio, etc, serão banidos;

  • Evite abreviações. Nós sabemos que é mais fácil e legal de escrever, mas abreviações prejudicam os mecanismos de busca e fazem que menos mulheres achem seu texto;

  • Esse texto precisa ser sobre a SUA experiência. Não escreva sobre outras pessoas sem consentimento prévio. E, no caso do consentimento, por favor, tenha por escrito também;

  • E lembre-se: NÃO serão tolerados quaisquer discursos de cunho violento, preconceituoso e segregatório.

Alguns links que podem te ajudar na hora de escrever seu texto:

  • Português tem muitas regras, né? Que tal tentar o  Language Tool.

  • Repetiu demais uma palavra e deixou o texto estranho? Procure por sinônimos pra resolver.

  • Quer usar aquele termo em inglês, ou qualquer outro idioma, mas ficou com medo de errar? Além do super famosos Google Tradutor, também recomendamos o Reverso, que mostra certinho os exemplos com contexto.

Deu “branco” para começar ou finalizar seu texto? Responder essas perguntas (aqui como sugestão) pode te ajudar:

  • Quando começou sua história com o motociclismo?

  • Você não pilota uma motocicleta em si, mas pilota sua vida de qual maneira?

  • Quem te inspirou a começar a pilotar? Por quê?

  • Qual foi sua maior dificuldade no motociclismo?

  • Quais foram suas conquistas no motociclismo? E fora dele?

  • Passou por algum momento de preconceito ou machismo ao pilotar?

  • Qual conselho você pode deixar para mulheres que estão começando ou tem medo de pilotar?

  • O #ElasPilotam te ajudou ou inspirou de alguma forma a sua trajetória?

E mesmo com essas dicas, você não precisa se preocupar em escrever de maneira formal. Deixe seu coração falar e seguir da melhor forma para você. 


Uma boa escrita e aguardamos ansiosas o seu relato!

Equipe #ElasPilotam.




295 visualizações

Posts recentes

Ver tudo