Viagem solo e cuidados especiais em tempos de COVID

Por Eliana Malizia


Se não impossível, é quase inconcebível a ideia de conhecer alguém que não ame viajar. Porém, muitos não se animam com a expectativa de viajarem sozinhos e acabam deixando de ter experiências incríveis. Esse não é o meu caso, viajo o mundo há mais de 20 anos, testando motos, carros, produtos e equipamentos de segurança.



“O fato de ter uma companhia significa também ter uma segurança a mais nos passeios. Mas é preciso pensar fora da caixinha e se arriscar. A adrenalina, liberdade e conexão com outras culturas se tornam momentos únicos. E, claro, enfatizo que viajar sozinha e de moto é ainda melhor, ainda mais agora em tempos de COVID, esta mais do que na hora das pessoas viverem esta experiência."

Quais vantagens de viajar sozinha?

As vantagens desse tipo de viagem, em geral, giram em torno do "fazer novos amigos", uma vez que somos mais propensos a conversar com estranhos quando estamos sozinhos. Sendo assim, o contato com as pessoas locais se expande e a chance de conhecermos novos lugares e dicas exclusivas, são bem maiores. Ainda que, em pleno final de 2020, é importante lembrar de manter as distâncias apropriadas, e seguir as recomendações de segurança.

Além disso, como é necessário tomar decisões mais rápidas, a independência também aumenta, agregando características benéficas no dia-a-dia da viagem: mais liberdade e autonomia na tomada de decisões.


Esses momentos nos trazem amadurecimento e reflexões de autoconhecimento. É muito comum ouvir dos viajantes solo como se surpreendem com o que são capazes de fazer e enfrentar.

“Os momentos mais intensos que já vivi foram em cima de uma moto, na estrada e sozinha. Um turbilhão de sentimentos se misturam com o vento e com o cheiro de mato. Já chorei, já gritei de alegria, mas também já tive grandes momentos de inspiração.”

Para a Psicóloga Jéssica Hernandes (foto), Especialista em Terapia Cognitiva Comportamental, viajar é uma chance de organizar as ideias, de recomeçar algo, diminuindo o estresse psicológico, ansiedade e depressão em uma mente livre, feliz e criativa.


Para quem pretende viver grandes aventuras sob duas rodas, recomendo atenção e lembro que cada modelo de moto possui tipos diferentes de pneu e suas próprias características, o que deve afetar o rendimento e o desempenho de sua moto nos terrenos por onde irá passar. Também recomendo levar anotado os números de ajuda, guinchos, levar água, barras de cereal, protetor solar, e produtos que reparem o furo dos pneus de moto, facilmente encontrados em lojas especializadas.

Veja Checklist de Viagem

O primeiro passo

Se você quer encarar o desafio de viajar sozinha o primeiro passo é sair de sua zona de conforto e começar explorar. Com isso, várias histórias, repletas de pessoas incríveis, irão surgir. Então, arrume a sua mala e fuja da rotina! Melhor que desfrutar de uma viagem sozinha, desfrute do “prazer de viajar sozinha de moto”.


Meninas, eu também adoro o mundo das 4 rodas, mas o amor pelas 2 rodas é inexplicável! Então fica aqui a dica: aproveite esses tempos de Isolamento Social, e experimente fazer uma viagem solo. Se conheça melhor, aprenda sobre você, e viva alguns dos melhores momentos da sua vida.

Cuidados com Covid durante a viagem de moto


Vivemos um momento bastante delicado e sério, no qual todo cuidado é pouco. Fiquei por meses muito resistente e sem sair de casa, e assim que comércio voltou a funcionar, meu trabalho com as motos também, e assim voltei a pegar estrada depois de 3 meses confinada.


Agora que muitos motociclistas estão começando a rodar, achei necessário escrever sobre o tema COVID, e sobre os cuidados que devemos ter durante os passeios. Cuidados estes que venho tomando durante minhas pautas e test rides que são sempre viajando por diferentes estradas e municípios do interior de São Paulo.


Aqui algumas dicas que poderão te ajudar na hora de planejar sua próxima viagem:


1. Evite roteiros logos: aproveita para fazer um bate e volta, ou experimente acampar. Quer algo melhor para se isolar socialmente?


2. Evite passeios em grupo.


3. Na hora de abastecer: lembre-se de colocar sua máscara. Cuidado com você e com o próximo. Tenho visto muitos motociclistas parando para abastecer sem

máscara, sem cuidado consigo ou com o frentista (que já está em contato com muitas outras pessoas).

4. Os equipamentos: todos devem ser higienizados depois do passeio, nem pense em guardar a jaqueta, luvas, etc, no armário pra usar novamente.


5. A dica da higiênização vale também para seu capacete: o forro dele é facilmente removível e você deve lavá-lo com mais frequência.


6. A motocicleta: durante o passeio, após qualquer parada limpe as áreas que são tocadas com maior frequencia com álcool gel. E na volta do passeio, a moto também merece uma super lavagem.


7. Ah… e antes que me esqueça: nada de beijos e abraços quando encontrar sua amiga ou amigo em alguma parada. Muitas pessoas perderam a noção e continuam se cumprimentando como se não existisse vírus algum. Não bobeie galeraaaa!


8. Pedágio? Já deixe o valor correto separado para não ter de manusear troco. Avise ao guichê do pedágio que não quer o recibo. Sendo assim é só pagar e tchau! Pela internet é fácil pesquisar e saber os valores dos pedágios por onde irá passar.


E pessoal, além das dicas acima que são voltadas ao público motociclista, lembre-se de tomar os cuidados básicos, que são diariamente divulgados.



Sobre a autora


A Eliana Malizia é Jornalista, especializada no mercado automobilistico. Todas as suas viagens, experiências, e testes são compartilhados em seu blog o Acelerada, em seu perfil no Instagram @eliana.malizia, e em seu novo canal no Youtube "Saia na Estrada com Eliana Malizia". Ela também contribui com artigos e dicas de viagem aqui no #ElasPilotam.


Posts recentes

Ver tudo

#ELASPILOTAM®

Elas Pilotam / #ElasPilotam ® marca registrada

Conteúdo autoral. Todos os direitos reservados ao Portal e respectivas autoras.

A marca “Elas Pilotam” é registrada junto ao INPI em nome de 302 PARTICIPAÇÃO E PRODUÇÃO DE EVENTOS LTDA., titular desta porta.  Qualquer uso não autorizado está sujeito às medidas legais cabíveis, na forma da Lei Federal 9.279/1996.

BMS Motorcycle Ltda
CNPJ  39.467.045/0001-06

Rua Goiânia, 1614, Cajuru, Curitiba, Paraná

Prazo de entrega: PAC até 30 dias úteis após a postagem.

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter