Um evento de moto só para mulheres

Atualizado: Abr 7

Você já teve um sonho que conseguiu realizar melhor ainda do que poderia ter imaginado?


Pois é. Foi exatamente assim que me senti ao final da realiza- ção do meu principal “evento dos sonhos” desde que entrei de cabeça no mundo das motos: o Babes Ride Out (BRO).

Participar do Babes Ride Out, edição East Coast (Costa Leste), em 2019, foi sem dúvida o ponto alto do meu ano.


Você pode estar se perguntando, mas o que tem lá de tão diferente? E eu te respondo agora: TUDO. A experiência do BRO não tem comparação a nada que, até hoje, vivenciei enquanto motociclista.


Claro que, nesse contexto, devemos considerar a cultura diferente da que estamos acostumadas a ver e lidar no Brasil, mas com certeza foi algo transformador pra mim, que levarei pra vida.


Lembro de quando cheguei na estrada que leva ao local do evento, mil coisas passaram por minha cabeça, e a principal delas era, "como eu adoraria vivenciar esse momento com as minhas minhas amigas no Brasil!".


Pro BRO, eu tive a companhia da minha amiga Gabi, brasileira que vive nos EUA há mais de 10 anos. Foi depois do convite dela, feito via Instagram, que me senti mais segura pra encarar esse desafio, que já estava nos meus planos há algum tempo. A Gabi e sua família me receberam em sua casa e, ainda, me emprestaram a moto pra viagem, uma Shadow 1100cc maravilhosa, que cuidei como se fosse minha.


Em nossa viagem até o evento, encontramos com a Brigitte, uma Lita de Central NY, que conheci às vésperas do BRO, quando eu e a Gabi paramos em Utica, NY para pernoitar.


Aproveitamos o momento, pareamos nossos intercomunicadores e fomos o caminho inteiro nos divertindo e cantando, tentando segurar a ansiedade que nos dominava.

ENFIM LÁ:

Quando vimos a placa "Welcome Babes Ride Out" falamos uma a outra para desligarmos os intercomunicadores, pois ali começaríamos a sessão gritos de euforia. E assim foi... foram gritos de uma sensação única que me deixa emocionada até agora, relembrando esse momento e descrevendo nesse

texto.

Logo na entrada recebemos as pulseiras - uma na piloto, e

uma na moto, e dali seguimos para área de camping. Foi um misto de emoções, pois eu olhava pra todo lugar e me lembrava de algum vídeo do Youtube ou foto no Instagram de todas as pessoas que eu acompanhava. E chorei. Chorei, pois por mais que eu quisesse estar ali, não poderia ter imaginado meu sonho se realizando tão rápido e que fosse tão bom.

Fomos procurar uma área para armar nossas barracas. Como chegamos ao evento logo nas primeiras horas, os espaços ainda estavam relativamente vazios. Com isso, achamos um perto de algumas Litas de New Jersey e outras Litas de Central NY. Ali já começaram as apresentações e pude conversar com algumas que já acompanhava pelo Insta. E logo me senti bem vinda e incluída no rolê.

Após tudo organizado, fomos dar uma volta pelo local do evento: e no galpão haviam várias exposições de roupa, motos, test ride da Harley Davidson, várias opções de workshop, espaço para tatuagens e o letreiro. O famoso letreiro que eu babava pra ter uma foto nele. Recorrentemente eu me sentia como se estivesse num sonho. Às vezes até me beliscava pra sentir que era de verdade.





De longe vi outras pessoas que eu era fã de instagram, como a cantora Anne Marie, a saudosa Jessica Combs, a Ashmore, que é uma das idealizadoras do Babes Ride Out, e tantas outras que eu acompanhava e me inspiravam de alguma forma.


Aos poucos fui me soltando e a barreira da língua já não era tão grande. A medida que eu me integrava com as meninas, o medo de estar falando errado ia embora... no final até ensinei algumas a falarem palavrão em português... =)


Na primeira noite, tivemos a abertura do evento. Ashmore, uma das organizadoras/idealizadoras do BRO, perguntou se tinha alguém do Brasil, e eu ali pulei o quanto deu pra mostrar que eu estava ali! Foi muito legal o tanto de mulher que veio falar comigo por eu estar ali pra prestigiar um evento que pra elas já se tornou parte da comunidade feminina de motocilismo no EUA.

Em seguida, começou o tão aguardado karaokê, que já é tradicional na primeira noite.Tudo que eu queria era cantar Wannabe das Spice Girls. Mas no final rolou outra música que eu nao lembro, mas que sei que me deixou sem voz no outro dia(risos).


No dia seguinte, rolou passeio de moto pela região dos Catskills, e conhecemos Woodstock, foi memorável. Na volta, teve Harley Games e muita festa! A sensação era de rolê infinito...


Nunca havia estado num lugar com tanta mulher e me divertido tanto. Eu cantei, dancei, pulei, bebi e gritei. Fui eu mesma todo tempo, sem medo de estar certa ou errada, feia ou bonita. Eu só estava lá. Algumas me abraçavam sem nem me conhecer, diziam o quanto estavam felizes por estarem ali. Senti ali o quanto é poderoso estarmos juntas. O quanto isso nos deixa forte.


E AGORA...

Enquanto o Babes Ride Out segue lá no hemisfério Norte, por aqui a ideia é criar um encontro, um evento, que dê as mulheres que pilotam a mesma sensação de irmandade, de liberdade, e de companheirismo. Assim como movimento @elaspilotam , ou outros movimentos que respeite e agreguem a comunidade de mulheres motociclistas.


Pensando em tudo isso, o movimento Elas Pilotam estará promovendo nos dias 01, 02 e 03 de Maio de 2020, o primeiro evento exclusivo para mulheres motociclistas no Brasil, o #ElasPilotamCamp.



Vamos juntas fazer um evento, muito mais lindo, aqui no Brasil?!

Confira como foi cada detalhe dessa aventura:


https://www.youtube.com/playlist?list=PL_YI6s3cyjmKffC3qhiPcD083zbn4BitZ














QUEM SOMOS:

Somos um meio, uma ferramenta, um canal,

UM MOVIMENTO livre e aberto para TODAS

AS MULHERES. Viemos para TRANSFORMAR.

Use e abuse da #elaspilotam em suas fotos, em suas redes sociais, em sua vida. Vamos PILOTAR JUNTAS no sentido certo da vida, pro lado do respeito, da amizade, da cumplicidade.

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone YouTube

FAÇA PARTE DO NOSSO MOVIMENTO:

Elas Pilotam marca registrada

302 Participação e Produção de Eventos Ltda

CNPJ 33060091/0001-00

Rua Goiânia, 1614, Cajuru, Curitiba, Paraná

Prazo de entrega: PAC até 30 dias, Sedex até 7 dias úteis após a postagem.



0