Psicologia do Esporte no motociclismo

Por Amably Monari


MOTO TERAPIA é o termo mais usado nas redes sociais como explicação do bem-estar que o pilotar proporciona. Em uma outra matéria que escrevi aqui para o portal expliquei porque a moto não é terapia, no entanto pode ter um efeito terapêutico.


Pensarmos em psicologia do esporte direcionada ao motociclismo é um tema pouco abordado no Brasil. No entanto, em outros países, como Austrália, que tem um dos maiores índices de produção científica no tema, e os EUA, podemos aprender muito com o que já foi desenvolvido, tanto para compreendermos o comportamento de motociclistas como também na melhor performance em corridas.


Apesar de estar nas redes sociais abordando

temas que integram a vivência no motociclismo e na psicologia, foi somente em Novembro de 2021, quando pude assistir ao vivo pela primeira vez uma corrida de Flat Track, me vi inquieta com as curiosidades sobre o tema a partir de algumas intervenções voluntárias com pilotas(os).


E mente de pesquisadora é assim, a curiosidade acarretou perguntas, que foram me intrigando. E, assim, me vi em caminhos para resolve-las.

E AÍ, MOTOCICLISMO É UM ESPORTE?

Sim e não!


Pilotar uma moto como lazer, para viajar, ir até a padaria, ou até fazer uso dela como seu principal meio de locomoção não é considerado um esporte. Mas, pilotar uma moto em uma corrida, ou qualquer outro evento que seja regulado por regras predeterminadas é considerado como esporte.


gif

Ou seja, há categorias de pilotagem dentro do motociclismo que podem ser esportivas ou não. O limiar é a definição de regras e validação pelos órgãos de fiscalização: como federações e associações esportivas.




O QUE É PSICOLOGIA DO ESPORTE?
“Há uma disciplina chamada psicologia aplicada ao exercício e ao esporte que investiga as causas e os efeitos das ocorrências psíquicas que apresenta o ser humano antes, durante e após o exercício ou o esporte, sejam esses de cunho educativo, recreativo, competitivo ou reabilitador”,

segundo Benno Becker Jr. presidente da Sociedade Brasileira de Psicologia do Esporte, (1999, p. 17).

O QUE SERIA PSICOLOGIA DO ESPORTE NO MOTOCICLISMO?

A Psicologia do Esporte direcionada ao motociclismo pode proporcionar avanços na compreensão do comportamento de motociclistas na prevenção de acidentes de trânsito, na produção de pesquisas e atuação direcionadas a performance física e mental de pilotas(os), no avanço da tecnologia do desenvolvimento mecânico de motos como a tecnologia voltada o desenvolvimento neuropsicológico de atletas motociclistas e direcionamento assertivo do neuromarketing no mundo duas rodas.


Enfim, sanada minhas dúvidas básicas, pude voltar um pouco para a prática no cotidiano, e fui em busca de compreender como é a vivência no motociclismo para alguns esportistas e profissionais que atuam na área como competidores, staff, organizadores, etc.

E por esse ser um tema complexo, que provoca inúmeras indagações, decidi gerar um espaço de discussão sobre o tema com vocês motociclistas, esportistas e curioses.


Vem comigo desbravar uma estrada desconhecida cheia de aventuras, curvas, lugares inexplorados no campo da Psicologia do Esporte no Motociclismo?

Ah, se você conhece algum profissional especialista em psicologia do esporte que atua no motociclismo comenta aqui, envia em nossas redes sociais... adoraria bater um papo e agregar no conteúdo dessa série de temas!


Em nosso próximo encontro por aqui a pergunta a ser respondida será:


SAÚDE MENTAL DE ESPORTISTAS IMPORTA?



Amably Monari é Brasileira, residente na Argentina; atua como Psicóloga e é criadora de conteúdo pelo @PsicoontheRoad. Ela é embaixadora do #ElasPilotam, Feminista, e Ativista Social. (foto by: Monica Lisci)


118 visualizações

Posts recentes

Ver tudo