Liah Benz e sua Yamaha Fazer customizada

Por Bruna Dias e Luana Michelucci


Toda motocicleta tem o reflexo de seu piloto, e a customização é a arte de modificar uma motocicleta para deixá-la exatamente com "a sua cara". É uma tela em branco para os amantes da customização pintarem e expressarem sua personalidade e estilo. No país, encontramos algumas opções para garagens de customização. Mas, o que acontece quando não conseguimos customizar em alguma oficina ou ainda preferimos, de fato “colocar a mão na massa”? A motociclista, mecânica, modelo e recursos humanos, Liah Benz, moradora de São Paulo, nos contou como customizou sozinha sua Fazer 250: uma história de pura inspiração, paixão e arte!



Liah aprendeu sobre mecânica quando trabalhou na oficina de seu pai, aos 13 anos, e fez um curso profissionalizante nesta área, em seguida. Ao trabalhar em marcas renomadas do motociclismo, como consultora técnica, elevou sua expertise. No entanto, durante essa experiência enfrentou um mal enorme nesse universo: o machismo. Não entraremos nesse assunto, mas devemos pontuar que, equivocadamente, o mundo do motociclismo era caracterizado pela figura masculina. E isso não justifica ter menos confiança em mecânicas e consultoras técnicas, pois o motociclismo já não reflete essa realidade. Devido a isso, Liah resolveu ter mais uma frente profissional e então trabalhou, depois, por 8 anos, com Recursos Humanos.

Não é só a mecânica que ela domina, mas a pilotagem também. Sua primeira motocicleta foi uma Burgman e teve depois diversas Scooters. Foi em 2018 que realizou seu sonho e comprou uma Harley-Davidson. Quando vendeu sua Harley-Davidson, comprou uma Yamaha Fazer 250, e resolveu que usaria seus talentos pra dar a moto "personalidade" e deixá-la com a sua cara.


Foi com essa ideia que modificou completamente sua Fazer: customizou tudo sozinha e até chegou a fabricar algumas das peças.


“Eu orcei uma customização em outros lugares, mas era muito fora do que eu podia pagar, então veio a ideia: vou fazer eu mesma! Comecei a pesquisar peças, acessórios, modelos que poderiam me servir de inspiração. Fui olhando, salvando e executando”, acrescentou Liah.


Algumas dicas da Liah para customização:

- Pesquise as referências das motocicletas e estilos

- Faça uma boa busca, ainda, sobre peças e acessórios


O processo inteiro de Liah demorou 6 meses. A customização deve ser feita com tempo e, claro, dinheiro. É importante ter tudo isso bem organizado para não haver surpresas.


O que Liah mudou em sua motocicleta:


- Pneus

- Guidão

- Retrovisores

- Farol

- Carenagem do farol (feita por ela mesma)

- Escapamento

- Protetor lateral de tanque

- Capa do tanque e manoplas de couro (feitas por ela mesma)

- Banco

- Tanque com molde refeito em massa plástica

- Para-lama dianteiro

- Suporte de placa (feito por ela mesma)

- Tampas laterais (feitas por ela mesma)

- Borracha lateral do tanque

- Buzina

- Protetor de bengala



Você pode acompanhar o trabalho da Liah via instagram: @benz_liah


E para conhecer mais sobre a ação comemorativa da Yamaha Brasil clique aqui: Red Dragonfly.