Dez dicas pra sair bem na foto.

Por Alice Castro

Fotos arquivo pessoal cedidas por Leila Barros


Hoje em dia tem quem diga que se você não fotografou o rolê, é porque ele não aconteceu. A gente sabe que não é bem assim, mas adoramos registrar o momento e, de preferência, subir o registro para nossas redes sociais.


Embora nem todas nós tenhamos nascido modelos fotográficos ou top models, sair linda em fotografias não é exclusividade só delas. Nós podemos sim, sairmos lindas em fotografias. Ainda que não tenhamos a consultoria presencial de profissionais, podemos planejar como faremos ensaios fotográficos maneríssimos! Como?


Leia Barros em ação durante evento em Brasília, DF

Então, essa nossa matéria abrirá as portas para um milhão de novas poses com dicas da nossa amiga pilota, arquiteta e fotógrafa Leila Barros .


Confira abaixo as #10dicas da Leila Barros para sair bem nas fotos.









Escolha um tema

Para quem quer começar a fazer ensaios e não sabe como, a primeira dica da Leila é “escolha um tema. A partir daí tudo fica mais fácil!”. Pois é, com o tema vamos saber o que vestir e o que precisamos para o ensaio.


Ela dá um exemplo bem simples: “se o tema é “Você e sua moto”, vai precisar não só da sua moto, mas também dos acessórios como capacete, luvas, óculos, casaco etc. As roupas podem variar de uma calça a um shortinho, de uma camiseta a um casaco, mas terão que ter relação com o tema, claro.



Encontre seu melhor ângulo

Leila orienta olharmos nossas fotos detalhadamente, para percebermos que um lado fica mais harmônico que o outro. Isso se deve ao fato dos rostos não serem perfeitamente simétricos, e há sempre um lado que gostamos mais. Normal acontecer, inclusive com modelos famosas. Ela nos orienta observar que muitas modelos ao desfilarem viram seus rostos para um só lado quando param para o close das fotos. Não é à toa! Elas sabem qual o lado fica melhor!


Outro detalhe é, por exemplo, se achamos que a testa é grande, evitarmos fotos de cima para baixo, e deixarmos o rosto mais reto possível frente à lente da câmera. E se o nariz é grande? O truque é virarmos um pouco de lado, mas com a cabeça reta. Queixo largo ou pontudo demais? Para evitarmos deixá-lo para cima da lente da câmera. ;)

Projete seu rosto para a frente!

A fotógrafa ensina que ao esticarmos um pouquinho (mas é um pouquinho mesmo) o pescoço para frente, projetaremos os nossos rostos de maneira que ficaremos mais definidas nas fotos. Esse recurso afina o pescoço e nos deixa mais magras! (Morri mil vezes porque eu mesma, Alice, faço isso há milhões de anos!)


Outro benefício da dica é que com o maxilar mais definido, desaparecem aquelas papadinhas indesejáveis... e ninguém gosta de uma papadinha, né?!


Para sairmos naturais, devemos ainda praticar em casa e na frente do espelho, observando a diferença entre uma pose normal e com o rosto projetado. Dessa forma percebemos que uma pequena esticadinha no pescoço vai fazer uma enorme diferença na hora da foto! Uau!!!




Realce as maçãs do rosto

O alerta da fotógrafa é para analisarmos as

nossas faces quando estamos sérias e quando estamos sorrindo.


Quando sorrimos, as maçãs do rosto realçam naturalmente, e as saliências (maçãs) harmonizam a foto e nos proporcionam os contornos que suavizam a expressão. Mas, acreditem, dá para tirar fotos sérias e realçamos, ao mesmo tempo, as maçãs do rosto. Para isso, basta que a gente dê um leve sorrisinho, do tipo aquele de quando não podemos rir mas não aguentamos de vontade, saca?!


Então, esse sorrisinho mesmo faz uma diferença enorme nas fotos! Só é preciso cuidado para não forçarmos demais, pois poderemos acentuar as ruguinhas no canto da boca. É um sorrisinho de leve. Então bora treinar no espelho!



Fazer um olhar de peixe morto

Então. O que seria? Segundo Leila, é aquele “olhar 43” da música do RPM! Esse mesmo! Um olhar assim, numa foto, passa sensualidade e mistério.


O olhar de peixe morto (como ela mesmo diz) é aquele olhar que não é muito aberto, mas também não é muito fechado. É uma leve queda das pálpebras, que ficam ligeiramente apertadas. Mas o detalhe é não forcarmos ao ponto de vincar o rosto, pois seria um desastre.


Outra coisa:

“se ficar de frente para a câmera, olhe sempre em cima da lente do fotógrafo, não diretamente para ela (a lente). E não vire demais o olho.”

Porque aí, completa, pode aparecer só o branco do olho e ninguém quer ficar parecendo um zumbi na foto, né?!

Esconda os "defeitinhos"

Como mulher ela nos entende perfeitamente, e alerta que podemos até não nos sentirmos bonitas, mas somos. Se temos autocrítica muito elevada, tendemos a achar muitos defeitinhos em nós mesmas.


Para fazermos fotos legais precisamos focar no que é bacana na gente e que apreciamos mais. E a solução é encontrarmos algo que gostamos em nós mesmas fisicamente e direcionarmos as fotos para esse lugar.


Por exemplo: se o seu forte for um cabelo bonito, ou seus olhos, podemos dar aquela realçada, seja com uma make ou cuidado especial no penteado. ! É isso!


“No final, você vai perceber que não existe ninguém feio, só mau fotógrafo!”, brinca a Leila!

Cabelos

Sim, sim, já ouvimos falar que os cabelos emolduram os rostos. E é a mais pura verdade, diz a nossa consultora para fotos bacanas!


“Claro que existem pessoas que fotografam bem mesmo sem nenhum fio de cabelo, mas a maioria de nós, pobres mortais, precisa de algo que complete nosso rosto.”

O cabelo exerce muito bem essa função e, portanto, não deveríamos deixá-lo atrás do corpo. Assim, devemos explorá-lo mais, jogando todo ele para frente pois ajuda a afinar o pescoço.


Essa é a Leila aplicando suas dicas em suas fotos

“Use a técnica de afofar os cabelos com as pontas dos dedos, e jogando a cabeça para trás e para a frete de novo. Isso dará mais volume a eles e ajudará a aumentar a visão sobre o seu rosto, preenchendo dos espaços vazios que ficam ao seu redor.”


E se tivermos vento (ou ventilador por perto), devemos usar! Top demais, né?!

O que vestir?

Quando formos fotografar, devemos sempre pensar no look inteiro, do brinco ao calçado. “Faça provas de roupas, e antecipadamente, e veja o que melhor fica em você.”


Para ficarmos mais altas, Leila sugere roupas que afinem as pernas, como calças skinny. Shorts e saias curtas também ajudam. E os saltos altos aumentam as pernas e ainda ajudam na postura.